fbpx

Inglês com 3x mais intensidade (projeto bilíngue)

É com grande satisfação que anunciamos o Programa Bilíngue do Instituto Itapoã a partir de 2020, em parceria com a Bebilíngue, uma empresa do grupo TFLA Idiomas.

O programa visa ampliar o contato e o uso do inglês no cotidiano da escola. Expandido para uma prática 3x mais intensa em comparação com o inglês ensinado convencionalmente nas escolas.

Abaixo você entra as perguntas mais frequentes sobre essa novidade!

De onde veio a Bebilíngue?

A Bebilíngue teve sua origem no final da década de 80, quando um dos seus fundadores, o professor Renato Alcici Matos, começou a ensinar inglês a partir de um método de ensino interativo e dinâmico, totalmente voltado para a comunicação, utilizando a língua estrangeira como meio para introdução de arte, música e esporte, antes mesmo do método CLIL (Content and Language Integrated Learning) se popularizar no Brasil. A iniciativa de ensinar de forma diferente deu origem ao Centro Cultural TFLA em 1991.

Além de um acompanhamento pedagógico preciso e estreito relacionamento com os alunos, o Centro Cultural TFLA, carinhosamente conhecido como TFLA, atingiu 5 escolas em Belo Horizonte, sendo mais de 20 mil alunos bilíngues entregues ao mundo ao longo de sua história.

A experiência de mais de 30 anos com o ensino de idiomas e a especialização de sua equipe nos processos de aprendizagem e aquisição da língua inglesa foram as bases para a fundação da Bebilíngue – Comunicação e Transformação Bilíngue – em 2017, instituição focada em implementar e garantir uma educação bilíngue de qualidade para o ensino infantil e fundamental.  

Como funciona o programa da Bebilíngue?

O Programa Bilíngue da Bebilíngue baseia-se no princípio do aprendizado por experiências, com o uso do inglês como ferramenta dentro de uma proposta interdisciplinar e por projetos. O objetivo é substituir o modelo convencional de ensino de línguas em escolas regulares, em que o aluno aprende vocabulário, gramática e interpretação de forma descontextualizada, por um formato em que o aprendizado da língua é um meio para o estudante saber mais sobre um assunto de seu interesse.

O maior diferencial do ensino bilíngue não está diretamente ligado à carga horária e sim, à metodologia.

Qual a diferença de um programa bilíngue para uma escola bilíngue e para uma escola internacional?

Uma escola bilíngue é o resultado da implementação de um programa bilíngue em todas as séries da escola. O que está sendo implementado no Itapoã é um programa bilíngue. Gradativamente, se for vontade da escola e da comunidade escolar, o programa bilíngue poderá alcançar todas as séries. O que vemos, em Belo Horizonte e no Brasil, na maioria das vezes, são escolas com programas bilíngues que se intitulam “escolas bilíngues” por questões comerciais. 

As escolas internacionais são escolas com o currículo voltado para o mercado internacional, seguindo as diretrizes educacionais dos seus respectivos países. Em Belo Horizonte, temos 2 escolas internacionais muito conhecidas: a Escola Americana e a Fundação Torino. As duas instituições possuem currículos, grades, conteúdos, disciplinas, calendários e métodos, todos voltados para as necessidades dos “vestibulares” dos Estados Unidos e da Europa.

O Instituto Itapoã implementará o programa bilíngue em quais séries?

Educação Infantil: do Maternal II ao 2º período.

Ensino Fundamental: 1º ao 6º ano.

Qual será a carga horária de aulas em inglês?

5 aulas semanais de 50 minutos do Maternal II ao 2º período.

3 aulas semanais de 50 minutos do 1º ao 6º ano do Fundamental.

Por que 3 aulas no Fundamental e 5 aulas no Infantil?

A educação infantil permite uma maior flexibilidade e adaptabilidade sem grande influência na grade curricular. Além disso, quanto mais se trabalha na base, na primeira infância, melhores os resultados posteriormente.

No Ensino Fundamental, os órgãos regulatórios exigem uma carga horária mínima por disciplina e uma forma de trabalho mais ampla, estruturada e detalhada, portanto optou-se por iniciar o programa bilíngue com 3 aulas semanais num primeiro momento, sem que o Instituto Itapoã precisasse realizar mudanças radicais na grade. Gradativamente, conforme o programa for amadurecendo na escola, a frequência das aulas bilíngues poderá aumentar.

Como são as aulas na educação infantil?

As aulas em inglês que acontecem nos maternais, 1º e 2º períodos são lúdicas, com introdução gradativa do inglês até que as crianças estejam seguras para que a comunicação seja estabelecida apenas nesse idioma nas aulas do bilíngue. Normalmente, ao longo da semana, as aulas são distribuídas de forma a trabalhar com diversos meios, recursos, ferramentas e espaços, por exemplo: trabalha-se um dia com contação de histórias, outro dia com tecnologia, outro com música, outro com atividades motoras e movimentos, outro com registros (livros, colagens, portfolio) e, um dia, com PBL (Project Based Learning), ou seja, aprendizagem através de projetos interdisciplinares sugeridos pela escola.

Como são as aulas no ensino fundamental?

Em 2020, trabalharemos no Itapoã com 3 aulas semanais em inglês nas séries do Ensino Fundamental (1º ao 6º ano). As aulas serão distribuídas da seguinte forma: aulas CLIL (aulas em inglês dentro de outras disciplinas, como matemática e ciências), com exploração das 4 habilidades da língua inglesa (escuta, fala, leitura e escrita), através de aulas dinâmicas e também com ludicidade. As aulas CLIL serão intercaladas com aulas de estrutura da língua, sempre de uma forma a gerar engajamento dos alunos.

As aulas em inglês serão ministradas por professoras da escola?

As professoras de inglês que atuarão no programa bilíngue podem ser as atuais professoras de inglês da escola ou não.

Caso o Itapoã tenha professores de inglês dentro do perfil do programa bilíngue, aptos a passar pelos treinamentos da Bebilíngue e com disponibilidade de horas para trabalhar no programa, essas professoras também poderão fazer parte do projeto, sem a necessidade de se contratar novos profissionais.

Normalmente, devido ao aumento da carga horária das aulas em inglês (programa bilíngue), novos profissionais são necessários para suprir a demanda e atender todas as turmas e séries. A Bebilíngue é responsável pela seleção, treinamento e acompanhamento dos professores do programa bilíngue.

A carga horária dos alunos vai aumentar após a implementação do programa? Ou seja, os alunos terão que chegar mais cedo ou ficar até mais tarde na escola?

As escolas definem sobre o aumento ou não da carga horária, criação de sexto horário, etc. A escola determinará para a coordenação do programa bilíngue quais as disciplinas e projetos mais importantes para serem tratados na forma bilíngue ao longo do ano. 

O programa bilíngue não causa perda de conteúdo das matérias obrigatórias (currículo obrigatório) do Itapoã, pois, não se trata de aulas de inglês, o que se oferecem são aulas em inglês com o conteúdo da escola. Significa dizer que, se um aluno do Ensino Fundamental 1 tem 4 aulas de matemática na semana que são lecionadas em português pela professora regente, com a implementação do programa bilíngue, ele poderá ter 1 das 4 aulas de matemática em inglês, sendo os conteúdos reforçados pela professora do programa bilíngue. Trabalha-se o mesmo conteúdo, mas em outra língua. 

O mesmo acontece na Educação Infantil: se, dentro da rotina, a criança tem, por exemplo, roda de frutas, contação de histórias e etc, essas atividades poderão ser trabalhadas na língua inglesa, sem qualquer comprometimento  da proposta pedagógica e dos conteúdos da escola.

Meu filho estuda inglês fora e está em um nível avançado do idioma, ele ficará desmotivado?

Os cursos de idiomas possuem objetivos diferentes dos programas bilíngues, nem melhores, nem piores, mas diferentes, a começar pelo conteúdo.

No programa bilíngue, seu filho vai aprender conteúdos e projetos de matemática, ciências, geografia, artes, educação física em inglês. Normalmente, nos cursos de inglês, não são ensinadas matérias como: “metamorfose da lagarta até virar borboleta”, sistema digestivo, cadeia alimentar, reino vegetal e animal, crosta terrestre; no caso de matemática, fração, figuras geométricas, funções, etc. Já no programa bilíngue, esses conteúdos são aprendidos de acordo com as matérias e projetos priorizados pela escola. 

Se seu filho tem um nível avançado ou fluente em inglês, ele, com certeza, terá mais facilidade na pronúncia e na compreensão. Contudo, nos aspectos de vocabulário e conteúdo, ele aprenderá junto com os demais alunos. 

Sabendo inglês, ele terá a oportunidade de estabelecer um diálogo constante em inglês com o professor, aprender novos vocabulários, sendo também uma referência para a classe.

Como trabalhar alunos de diferentes níveis na mesma sala?

Os professores do programa bilíngue são treinados e orientados para esse tipo de situação. Por isso, possuem técnicas para preparar um ambiente receptivo, deixando os alunos confortáveis para o aprendizado, isto significa que, dentro de semanas ou poucos meses, o aluno estará ambientado e adaptado, acompanhando o ritmo da turma, sem perdas.

Podemos ter alunos com mais aptidão e alunos com menos aptidão em inglês, assim como acontece com matemática, ciências, etc. Contudo, é importante esclarecer que o foco do programa bilíngue não são aulas de inglês, mas aulas em inglês, ou seja, o inglês é um meio (uma ferramenta) para se reforçar o conteúdo que o aluno já está vendo com a professora regente.

Como são distribuídas as aulas do programa bilíngue na grade curricular?

As aulas serão definidas em horários determinados pela escola em que os professores bilíngues irão para as salas junto com os professores regentes. Nesses horários, os professores bilíngues trabalharão os conteúdos pré-definidos com a direção, seguindo a linha pedagógica da escola.

Como funciona a gestão de sala de aula das professoras regentes? Existirá conflito com a professora bilíngue?

A relação entre as professoras é essencial, tem que ter conexão e trocas entre as duas para que o projeto flua bem. No momento da aula bilíngue, a professora do programa bilíngue assumirá a liderança da classe, contando com o suporte da professora regente. 

Justamente para se evitarem conflitos é que professoras e coordenadoras da escola e da Bebilíngue estabelecem uma comunicação constante, para entender e alinhar as demandas de sala, conteúdo, projetos, eventos, etc.

Os alunos do infantil não terão aulas de gramática na língua inglesa?

Do maternal ao 2º período, o programa bilíngue foca totalmente na comunicação, ou seja, nas habilidades de fala e escuta, com atividades lúdicas: músicas, contação de histórias, jogos, etc. Como a criança está em período de alfabetização em português ou em período de consolidação dessa alfabetização, não se trabalha as habilidades de leitura e escrita em inglês na educação infantil.

A criança aprende de forma indireta e sutil os aspectos gramaticais, já sendo capaz de falar frases em inglês de forma correta, sem saber, por exemplo, que o que ela fala está no pretérito, futuro, gerúndio, etc.

Principalmente no 2º semestre do 1º ano do Ensino Fundamental 1 é que as atividades de leitura e escrita começam a ser trabalhadas de forma mais frequente. 

É no ensino fundamental que a língua inglesa, além de ser um meio para reforço dos conteúdos das demais disciplinas, passa a ser estudada em termos estruturais, adentrando gradativamente na gramática. 

O programa bilíngue visa trabalhar a língua com prazer, atraindo os alunos para uma aprendizagem leve, em que se aprende até gramática, verb to be, de uma forma totalmente diferente do convencional.

Meu filho já está em uma escola de idiomas, devo/posso tirá-lo? Ele alcançará os mesmos resultados na escola bilíngue?

*Além do complemento abaixo, consulte a resposta da pergunta 3 para entender as diferenças de ensino. 

Se o seu filho(a) gosta de estudar inglês fora e você tem condições financeiras e logísticas de mantê-lo no curso, mantenha-o, mesmo que ele esteja numa escola bilíngue. 

Quanto mais contato ele tiver com a língua, principalmente se ele gostar, mais ele vai desenvolver e, no futuro, com certeza, ele se beneficiará.

Porém, se essa não é a sua condição, pode-se dizer que os resultados de um programa bilíngue sério são a médio-longo prazos, melhores do que do curso de idiomas, tendo em vista que a criança vai ter um maior contato com o inglês (principalmente a escuta), mais dias da semana, com conteúdos interdisciplinares e vocabulários diversos.

Finalizando: é uma questão de escolha de cada família. 

Como sanar as dificuldades das crianças?

Dificilmente, existem dificuldades extremas que precisam ser sanadas de outra forma que não seja dentro de sala, com a própria professora do programa bilíngue. 

Os conteúdos são disponibilizados através de vários recursos e atividades, ou seja, se uma criança tem mais facilidade de aprender através de atividades dinâmicas e motoras, ela ter esse momento, se a facilidade dela é com contação de histórias, ou registro no material, com música ou uso de recursos tecnológicos, esses momentos também vão acontecer. 

Os estímulos e incentivos são variados, por isso, dificilmente, temos objeções ou bloqueios muito complicados e, se casos assim aparecerem, serão trabalhados conforme orientação da escola e comum acordo com a família.

Qual o principal objetivo da Bebilíngue?

A Bebilíngue trabalha com o CLIL, método conhecido mundialmente e também com práticas de ensino de inglês totalmente interativas, dinâmicas e leves, com o objetivo de  acabar definitivamente com a ideia de que aprender inglês é algo chato e cansativo. O objetivo da Bebilíngue é fazer com que os alunos criem gosto pela língua, através de formas lúdicas e interativas de aulas.

Quando os pais terão retorno da evolução dos filhos no programa bilíngue?

A Bebilíngue se adaptará à estrutura, logística e calendário da escola, ou seja, se os feedbacks ou boletins são apresentados mensal ou bimestralmente, assim serão os retornos do desenvolvimento do aluno dentro do programa bilíngue. Lembrando, mais uma vez, que o inglês será, na maior parte do tempo, um instrumento de aprendizagem e reforço de outras matérias e não uma disciplina em si.

Qual é o valor do material didático?

Onde e quando comprar o material didático do programa bilíngue?

Os kits do programa bilíngue serão vendidos apenas através da plataforma online exclusiva do operador logístico, sendo os livros entregues diretamente no Itapoã em até 7 dias úteis sem cobrança de frete. 

Quanto vai custar o programa bilíngue?

O valor do programa bilíngue (consultoria, treinamento, suporte, adaptação, etc) já está incluído nas mensalidades dos alunos do Itapoã de 2020.